Beneficiamento por Fórmula

Glauber Bernardo

Glauber Bernardo
Changed a month ago

Sistemas: MSV, Simples+.

Processo de Beneficiamento por Fórmula.


Definição para Beneficiamento: melhoramento, ato ou efeito de beneficiar; preparo industrial de produtos para consumo; o ato de transformar um produto primário em um produtos para consumo; o ato de transformar um produto primário em um produto industrializado de maior valor.


Quem utiliza o processo de Beneficiamento?

Empresas que recebem a matéria prima de seus clientes e transformam em produtos acabados, ou empresas que já recebem o produto final do seu cliente, mas que ainda precisa de alguns ajustes (afiação, rebarbação, pintura....).


Dentro do sistema MULT SYSTEM VISUAL, temos como configurar as duas formas do beneficiamento, nesse tutorial iremos ver como funciona o Processo de Beneficiamento utilizando Fórmulas.


Ativando o tipo de sistema 16 - Beneficiamento (Imagem 1):


a) por se tratar de módulo especial no sistema, que afeta significativamente estoque e faturamento (e nosso suporte técnico), solicite o código de liberação junto ao setor financeiro da Light System conforme o código do cliente solicitante / contratante deste recurso

b) de posse deste código de liberação, acesse o sistema com sua senha de atendente e em seguida "outros \ parâmetros \ configurações gerais"

b) clique na aba "light"

c) localize a configuração "Tipo de Sistema" e clique nela para expandí-la

d) abaixo, digite 16 e clique fora dela

e) neste momento é solicitado o código de liberação. Digite-o e clique em "ok"

f) clique abaixo em "ok" para finalizar as configura~oes

g) reinicie o sistema



Imagem 1: Configuração Beneficiamento

Configuração para utilizar Beneficiamento com Fórmula (Imagem 1.1): 


Imagem 1.1: Configuração para Beneficiamento com Fórmula.


Imagem 1.2: configuração que define o CLIENTE como o
remetente dos materiais à serem beneficiadosPara que o processo de beneficiamento funcione corretamente, devemos preparar todos os cadastros envolvidos nesse processo.

Precisamos cadastrar a matéria prima, cadastrar o produto, vincular a matéria prima na fórmula do produto e também vincular o produto e a matéria prima ao cliente.


Veja em:

Cadastrar Produtos ;

Incluir Fórmula no Cadastro de Produtos / Sub-Produtos ou Serviços.

 

Devemos configurar também a forma que será realizado a entrada de beneficiamento, onde ao efetuar a Entrada no Beneficiamento o sistema irá gerar automaticamente a entrada de matéria prima no estoque (opção 2.011 na Imagem 1), ou habilitar a importação da Nota Fiscal do cliente (registrada no processo "Estoque \ Entradas") na Entrada de Beneficiamento (opção 2.012 na Imagem 1), ou não configuramos nenhuma das opções, caso optar por não configurar essas opções, cada processo será independente dentro do sistema, ou seja, a entrada de estoque será apenas a entrada de estoque, e a entrada de beneficiamento será apenas a entrada de beneficiamento.*


*Obs: a quantidade do item informada no processo "beneficiamento" alimenta o estoque do cliente, e não o estoque do sistema. Logo, o saldo do cliente não é visível em nenhum relatório do sistema (exceto os de beneficiamento) e nem nas pesquisas de estoque tais como a pesquisa pela tecla F11


Após essas configurações, devemos efetuar a entrada da matéria prima através do processo de

beneficiamento.


Caminho para acessar o Processo de Beneficiamento (Imagem 2):


Imagem 2: Caminho para acessar o Beneficiamento

Lançamento de Matéria Prima na Entrada de Beneficiamento (Imagem 3, 4 e 5):


Ao acessar o processo o Usuário deve incluir o Cliente, o Número da Nota Fiscal de Entrada, a Data de Emissão de Nota Fiscal de Entrada e o Total da Nota Fiscal.

Os campos Modelo e Série são campos opcionais, porém é interessante informá-los, para que caso haja a necessidade da inclusão do mesmo número de Nota Fiscal para o mesmo cliente, pois o sistema valida o campo Série e informando uma Série diferente da já cadastrada, o Usuário consegue incluir o Número da NF novamente.

Os campos Processo e MultSelect, são utilizados para importar um processo para a Entrada de Beneficiamento, caso o sistema esteja habilitado para importar a Entrada de Estoque no Beneficiamento. Preenchimento conforme Imagem 3.


Imagem 3: BeneficiamentoApós preencher o cabeçalho da Entrada de Beneficiamento, o Usuário irá incluir os Itens que vieram na Nota Fiscal de Entrada e seus respectivos valores, quantidade, Unidade de Medida e Preço Unitário, assim como na Imagem 4. 


Imagem 4: Beneficiamento 


Após o Usuário realizar a Inclusão de todos os itens que constam na Nota Fiscal de Entrada, basta que o mesmo clique em Salvar para finalizar o Lançamento da Entrada do Beneficiamento, conforme Imagem 5.


Imagem 5: Beneficiamento

Lembrando que o valor da nota fiscal de entrada (campo TOTAL DA NOTA FISCAL) deve corresponder à somatória do valor total de cada matéria prima .


Configurações de Tipo de Nota para Utilização de Beneficiamento:


Agora, vamos verificar duas opções de configuração de Tipo de Nota Fiscal, para que, ao realizar a nota fiscal de industrialização e retorno da matéria prima utilizada, o sistema funcione corretamente.

No primeiro caso, iremos utilizar os CFOP's 5.124 (industrialização) e 5.902 (retorno de mercadoria utilizada na industrialização), por exemplo o Tipo de Nota Fiscal da Imagem 6, utilizado para realizar uma NF de Industrialização com Retorno de Matéria Prima.


Imagem 6: Tipo de NF para Industrialização + Retorno


Retorno de Beneficiamento: é com essa configuração que o sistema irá dividir a tela do processo de Nota Fiscal permitindo a inclusão dos itens que foram industrializados gerando o Produto Acabado. 


Somente Retorno: como este post está tratando de retorno de matéria utilizada na industrialização (5.902) e a cobrança pelo serviço prestado (5.124) - com uso de fórmulas -esta opção não deve ser marcada. Somente deve ser marcada em outro tipo de nota fiscal,  à ser utilizado  em  notas fiscais de retorno de conserto (5.916)  pela qual não há matéria prima à ser declarada, mas sim um item que veio para ser consertado e este mesmo item está sendo retornado ao cliente (relação 1 para 1 -> o item que entra é o mesmo que retorna).


Somar o valor dos itens de retorno no valor dos Produtos e Total da Nota Fiscal: Essa configuração, soma os valores da Matéria Prima (Retorno) nos Totais da DANFE.


Outro caso para Tipo de Nota Fiscal, e onde iremos destacar apenas o Retorno da DANFE, ou seja, a Devolução de Saldo ou a Devolução de uma Matéria Prima não utilizada no processo produtivo. vejamos o exemplo na Imagem 7.



Imagem 7: Tipo de NF para Retorno

Nessa caso além dos campos marcados no Tipo de NF da Imagem 6, será marcado os campos:


Devolução de Produto ou Matéria-Prima não utilizado: essa configuração fará com que o sistema faça com que o Usuário inclua na Nota Fiscal a Matéria Prima que foi incluída na Entrada de Beneficiamento e mostrar a NF da Entrada, de modo que ele possa carregar automaticamente os dados da Nota Fiscal de Entrada.


Mostrar somente os Retornos no valor Total da Nota: Faz com que o sistema não some o produto principal nos Totais da Nota Fiscal, somando apenas os itens de Retorno.


Emitindo uma Nota Fiscal de Beneficiamento (Industrialização):


O Usuário irá informar o cabeçalho da Nota Fiscal conforme Imagem 8.


Imagem 8: NF de Industrialização

 

Após Informar o cabeçalho o Usuário irá incluir o Produto Acabado no botão Incluir na opção de inclusão para Produtos e Serviços da tela da Nota Fiscal, conforme Imagem 9.


Imagem 9: Inclusão do Produto AcabadoApós Incluir os produtos o Usuário deve retornar para a tela inicial da Nota Fiscal, onde irá preencher os dados do Retorno, referente à Entrada de Beneficiamento (Imagem 10). Note que os Retornos, terão os campos Nº da Entrada e Nº da N.F. Entrada, carregados com valor 0, será necessário preencher manualmente.  


Imagem 10: Itens de Retorno

Para preencher os campos Nº da Entrada e Nº da N.F. Entrada, basta que o Usuário de dois (2) cliques no item que deseja ajustar, e o sistema irá abrir a tela para ajuste conforme Imagem 11.


Imagem 11:Informar a NF de Entrada no RetornoObs: Basta que o Usuário informe o Número da NF de  Entrada (Nota Fiscal do Cliente) e clique em Salvar.


Abaixo Imagem 12, com os retornos já preenchido, ou seja, pronta para o envio.


Imagem 12: Retorno Preenchido, NF pronta para Envio

Imagem 13: Exemplo de NF de Industrialização

Emitindo uma Nota Fiscal de Beneficiamento (Retorno):


O Usuário irá informar o cabeçalho da Nota Fiscal assim como na Imagem 8, porém irá utilizar o Tipo de NF que fará o retorno, por exemplo o Tipo de Nota da Imagem 7.


Após Informar o cabeçalho o Usuário irá incluir a Matéria Prima que será Devolvida no botão Incluir na opção de inclusão para Produtos e Serviços da tela da Nota Fiscal, conforme Imagem 14.


Imagem 14: NF de Retorno de Matéria PrimaApós Incluir os produtos o Usuário deve retornar para a tela inicial da Nota Fiscal, para verificação, diferentemente da NF de Industrialização, a NF de Retorno já irá carregar os dados da NF de Entrada (NF do Cliente), sendo necessário apenas Salvar e enviar a NF, veja o exemplo na Imagem 15.


Imagem 15:NF de Retorno de Matéria PrimaImagem 16:Exemplo de NF de RetornoÉ possível realizar a conferencia do Saldo do Beneficiamento por relatórios, segue caminho do relatório sugerido para conferencia de saldo do processo (Imagem 17):


Imagem 17: Caminho do Relatório de Beneficiamento

Esse relatório lista a NF de Entrada e Todas as Notas Fiscais de Saída que tenham vinculo com a NF de Entrada, caso a Entrada de Beneficiamento nunca tenha sido usada, a mesma NÃO será mostrada nesse relatório (Imagem 18).


Imagem 18: Relatório de Saldo de NF de Entrada / NF de Saída